21 de set de 2015

Conheçamos o Senhor!


“Meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora os meus olhos te viram.” (Jó 42:5).

Se perguntarmos para a grande maioria das pessoas se elas conhecem a Deus, certamente a resposta será afirmativa. Mas muitos de nós, assim como Jó, só conhecemos realmente a Deus e tivemos um encontro real com Ele, quando fomos experimentados no sofrimento ou quando em algum momento de nossas vidas fomos atraídos a Ele mais proximamente.

É possível que tenhamos conhecimento teológico e saibamos de cor, todos os milagres, feitos e atributos de Deus, mas se não tivermos uma experiência pessoal com Ele, esse “conhecimento” de Deus nos fará meros expectadores, ouvintes de quem Ele é, mas não poderemos dizer deste modo, que O conhecemos porque Ele se revelou à nós e porque temos um relacionamento com Ele.

Oséias declarou: “Conheçamos o Senhor; esforcemo-nos por conhecê-lo. Tão certo como nasce o sol, ele aparecerá; virá para nós como as chuvas de inverno, como as chuvas de primavera que regam a terra. " (Oséias 6:3). Ou seja, nosso conhecimento acerca de Deus é progressivo. Devemos nos esforçar por conhecer mais dEle, à medida em que estudamos Sua Palavra e dedicamos tempo em oração e intimidade com Ele.

Quando Deus nos prova também passamos a conhecê-Lo mais. Deus se revela à nós enquanto O buscamos com fervor em nossos desertos, e também passamos a compreender um pouco mais de como Ele age enquanto nos prova, nos forja e nos prepara para o novo nível que anseia nos levar.

A verdade é que confiamos em quem realmente conhecemos, e principalmente se temos um nível maior de intimidade com estes. Com Deus é do mesmo modo. Eu não preciso me desesperar ou temer diante dos desafios e lutas que enfrento, porque conheço o meu Senhor, e sei que Ele não me desamparará ou me deixará sozinha; Ele é fiel em Suas promessas e mesmo os meus desertos irão cooperar para o meu bem! Aleluias!

Diante disso eu entendo que a fé e a confiança em Deus estão ligadas ao meu nível de conhecimento e intimidade com Ele.

Em 2 Reis 17:33 a Bíblia diz que em determinado momento, o povo de Israel adorava o Senhor, mas também prestava culto aos seus próprios deuses. Tristemente também, ouvi que certa missionária brasileira que trabalhou quatorze anos com índios fez um grande trabalho de evangelização entre eles, mas depois de algum tempo decepcionou-se ao saber que estes índios adoravam sim a Jesus, mas juntamente de outros deuses. Para eles, Jesus era o Deus maior entre os (falsos) deuses deles.

Eu creio que nas duas situações que escrevi acima, ambos não conheciam de verdade o único e verdadeiro Deus! E é por isso que infelizmente muitos apostatam sua fé ou colocam ídolos no lugar de Deus. Se realmente conhecermos o Deus Criador, o Todo Poderoso Senhor dos Exércitos, o Deus que é o próprio amor, certamente reconheceremos que somente Ele é digno de toda nossa honra, glória e louvor!

Prossigamos em conhecer o Senhor, amados! Ele é uma Fonte inesgotável que tem muito mais para revelar de Si mesmo a nós, e à medida que O conhecemos, mais passamos a amá-Lo e a vivermos experiências tremendas com Ele!

Deus os abençoe!
Priscila Grah

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário passará por aprovação antes de ser postado.
Que Deus te abençoe!