12 de set de 2012

As 7 Igrejas do Apocalipse: #Éfeso.

Meditando na leitura do livro Apocalipse, percebi a importância de escrever sobre as sete igrejas mencionadas nos primeiros capítulos, o que se aplica às nossas igrejas de hoje. Este estudo aborda cada um desses aspectos sob a forma de perguntas e respostas: O que é que Cristo aprova nas igrejas? Como Cristo recompensa as igrejas que perseveram e permanecem leais a Ele e à sua Palavra? O que é que Cristo reprova? Como Cristo castiga as igrejas?  O que a mensagem de Cristo revela concernente à tendência natural das igrejas à estagnação espiritual, declínio e apostasia? Como podem as igrejas evitar a decadência espiritual e o consequente julgamento por Cristo?
Postarei sobre uma igreja por dia já que se trata de um conteúdo extenso. Após os versículos que tratam da igreja em questão, estarão as notas que explicam acerca de assuntos em questão. Não deixe de ler, a revelação contida neste livro deve ser do conhecimento de todos!

A mensagem de Cristo a sete igrejas locais existentes no oeste da Ásia Menor é também para instrução, advertência e edificação dos crentes e igrejas da presente era. 

1. Primeira carta, à igreja de Éfeso: Eu sei as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os *que dizem ser apóstolos e o não são e tu os achaste mentirosos; e sofreste e tens paciência, e trabalhaste pelo meu nome e não te cansaste. Tenho, porém, contra ti que *deixaste a tua primeira caridade. Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei e *tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres. Tens, porém isto: que *aborreces as obras dos nicolaítas, as quais eu também aborreço. Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas: *Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida que está no meio do paraíso de Deus. (Apocalipse 2:2-7).

Notas: * Que dizem ser apóstolos: Um dos principais cuidados de Jesus, ao dirigir sua mensagem final às sete igrejas, foi preveni-las da apostasia por tolerar falsos mestres, profetas ou apóstolos, que distorciam a Palavra de Deus ou enfraqueciam seu poder e autoridade nas igrejas. Cristo ordena que as igrejas testem todos os que alegam autoridade espiritual. Notem que Cristo censurou as igrejas de Pérgamo (vv. 14-16) e Tiatira (v. 20) por acolherem, ao invés de resistirem, os que eram desleais à verdade e padrões da Palavra de Deus.
*Deixaste a tua primeira caridade: Isto se refere ao primeiro e profundo amor e dedicação que os efésios tinham por Cristo e sua Palavra. Esta advertência nos ensina que conhecer a doutrina correta, obedecer a alguns dos mandamentos e ir aos cultos na igreja não bastam. A igreja precisa ter acima de tudo, amor sincero a Jesus Cristo e sua Palavra como um todo. O amor sincero a Cristo resulta em devoção sincera a Ele, em pureza de vida e em amor à verdade.
*Tirarei... o teu castiçal: Cristo rejeitará toda congregação ou igreja que não se arrepender de sua falta de amor e obediência ao Senhor Jesus Cristo, e a removerá do seu reino.
*Aborreces as obras dos nicolaítas, as quais eu também aborreço: Os nicolaítas eram certamente adeptos do ensino de Balaão, e que a imoralidade sexual não afeta nossa salvação em Cristo. O NT declara o contrário: tais pessoas não herdarão o reino de Deus (1 Co 6.9,10).
*Ao que vencer: O vencedor é aquele que, mediante a graça de Deus recebida através da fé em Cristo, experimentou o novo nascimento e permanece constante na vitória sobre o pecado, o mundo e Satanás. Cercado de muita oposição e apostasia, o vencedor se recusa a conformar-se com o mundo e a impiedade dentro da igreja. Ele ouve e atende aquilo que o Espírito diz às igrejas, permanece fiel a Cristo até o fim e aceita somente o padrão de Deus para a vida cristã, revelando na sua santa Palavra. Nas igrejas de Deus, o vencedor, e somente o vencedor, comerá da árvore da vida, não sofrerá o dano da segunda morte, receberá o maná escondido e um novo nome no céu, terá autoridade sobre as nações, seu nome não será removido do livro da vida, será honrado por Cristo diante do Pai e dos anjos, permanecerá com Deus no seu templo, terá sobre si o nome de Deus, de Cristo e da Nova Jerusalém, e será para sempre filho de Deus. O segredo da sua vitória é a morte expiadora de Cristo, seu próprio testemunho fiel acerca de Jesus e a perseverança no amor a Cristo até à morte. No que, ou vencemos o pecado, o mundo e Satanás, ou somos por eles vencidos, acabando por sermos lançados no lago de fogo. Não há grupo neutro.

Fonte: Bíblia de Estudos Pentecostal, Donald C. Stamps - Traduzida por João Ferreira de Almeida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário passará por aprovação antes de ser postado.
Que Deus te abençoe!