25 de ago de 2016

Tenha comunhão com o Espírito Santo! :)


Nos últimos dias tenho meditado muito sobre a importância de nossa comunhão com Deus. Jesus se entregou na cruz do calvário não apenas para nos dar a salvação, mas também para nos reconciliar com o Pai, possibilitando nossa comunhão com Ele. E depois, ressurreto, antes de subir aos céus, Jesus Cristo nos prometeu enviar o Espírito Santo, que da Trindade, é com quem nos relacionamos aqui na terra. E é por isso que nenhum cristão deveria contentar-se em ser “apenas um salvo”, mas deveria usufruir do privilégio da comunhão com o Espírito Santo. E eu acredito que fica muito mais fácil, leve e espontâneo, quando não vemos a oração como uma obrigação cristã ou uma espécie de ritual, mas quando vemos a oração como simplesmente estarmos com Deus! 

A Bíblia diz que não sabemos orar como convém (Romanos 8:26), e é por isso mesmo que em nosso momento devocional precisamos pedir ao Espírito Santo que conduza todas as coisas com liberdade; que nos revele por quem e o que devemos orar, ao invés de apresentarmos nossas orações “engessadas”, repetitivas e de nossa própria vontade! E é fato que, em alguns momentos Deus não nos conduzirá à petições, clamores e tampouco palavras, mas nos levará a apenas O adorarmos, enquanto em outros momentos nos inspirará a intercedermos, declararmos Sua Palavra, etc. Nosso Deus é criativo e dinâmico, e por isso precisamos permitir que Ele conduza nosso momento com Ele, e não nós.

Como escrevi acima, creio que nenhum de nós, cristãos, deveria se contentar com apenas o fato de termos sido salvos. Isso por si só é grande coisa, claro, mas nossa salvação é apenas o começo de um relacionamento, de um vida, de um oceano inteiro que Deus tem para cada um de nós. E muitas vezes nos contentamos com pequenas gotas que por si só não são suficientes para saciar nossa sede de algo a mais.

Em Lucas 19:1-5, a Bíblia diz que Jesus entrou em Jericó e lá havia um homem rico chamado Zaqueu, que queria ver Jesus. Zaqueu era um homem baixo e como havia uma grande multidão ao redor, ele subiu em uma árvore para poder ver melhor a Jesus. Mas quando Jesus olhou para cima e viu Zaqueu naquela figueira, Jesus disse a Zaqueu que queria ficar em sua casa!

Assim somos nós, muitas vezes nos contentando com a visão de Jesus, ouvindo sobre ele nos cultos, vendo Ele simplesmente passar, ao invés de O convidarmos para entrar em nossas casas, e ficar ali conosco para simplesmente termos comunhão com Ele!
Jesus quer entrar em nossas casas hoje, amados: “Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele comigo.” (Apocalipse 3:20). 

Ele quer cear conosco, enquanto comemos à mesa. Quer nos observar, ouvir a nossa voz, sentar conosco no sofá, deitar na nossa cama, Ele quer participar de tudo! Mas para isso precisamos dar maior valor e atenção à Sua presença, conversando com Ele em todo tempo, permitindo que Ele participe de tudo, e não apenas de nosso momento devocional.

Que Deus os abençoe!

No amor de Cristo,
Priscila Grah

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário passará por aprovação antes de ser postado.
Que Deus te abençoe!